Colégio Santa Cruz abre inscrições para processo de ingresso 2023

Instituição começará a receber inscrições para todos o G4, Ensino Fundamental e Ensino Médio 

Reprodução: Colégio Santa Cruz

O Colégio Santa Cruz, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, abre, em junho, as inscrições para seus processos de ingresso para as turmas de 2023. As vagas contemplam os anos G4 de Educação Infantil, 6º ano do Ensino Fundamental e 1ª série do Ensino Médio. Demais turmas estarão sujeitas a abertura pontual de vagas, e, para esses casos, será preciso enviar manifestação de interesse.  

Para a Educação Infantil G4, as inscrições começaram em 1º de junho e vão até 9 de setembro. Este ano, a turma receberá crianças nascidas entre 1º de abril de 2018 e 31 de março de 2019. Ao todo, serão 168 vagas: 110 vagas para aqueles que possuem parentesco na instituição, como irmãos de alunos, filhos de ex-alunos e filhos de educadores, e 36 por sorteio público. Além disso, 10 vagas (cinco por vínculo e cinco por sorteio) serão destinadas para cotistas negros, pretos ou pardos, ou indígenas do Programa Santa Plural, mediante entrevistas e autodeclaração. Até 12 vagas para bolsistas negros, pretos ou pardos, e indígenas do Programa Santa Plural que serão definidas por uma comissão do Colégio Santa Cruz, após entrevistas e avaliação de comprovantes de renda. As inscrições podem ser feitas pelo site: https://www.santacruz.g12.br/ingresso2023

No Ensino Fundamental, as vagas disponibilizadas para ingresso serão para o 6º ano, com inscrições abertas a partir de 6 de junho. Serão disponibilizadas 35 vagas. Já para o Ensino Médio, as inscrições também começam a partir de 6 de junho e serão abertas 45 vagas. Mais informações sobre os processos para essas séries serão divulgadas futuramente.  

Para ingresso nas demais séries, o processo é outro. No Ensino Fundamental 1, do 1º ao 5º ano, será preciso manifestar interesse a partir de 6 de junho pelo e-mail colegio@santacruz.g12.br. Os interessados serão colocados em lista de espera, que será dividida entre vinculados e não vinculados. Na eventualidade de surgirem vagas, candidatos irmãos de alunos terão prioridade, participarão de uma avaliação diagnóstica e ingressarão na escola por ordem de inscrição. Caso as vagas não sejam totalmente preenchidas, candidatos não vinculados serão chamados a participar do mesmo processo, ingressando na escola pelo mesmo critério.  

Já no Ensino Fundamental 2, do 7º ao 9º ano, também será preciso manifestar interesse a partir de 6 de junho, pelo e-amil colegio@santacruz.g12.br. Neste caso, os candidatos participarão de um processo de seleção com data a ser anunciada em novembro.  

Alunos do Colégio Santa Cruz participam de fórum de profissões

Estudantes do 3º ano do Ensino Médio receberam profissionais experientes do mercado para conversa sobre as carreiras mais desejadas 

Alunos do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Santa Cruz, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, participaram do Fórum de Profissões 2022, organizado pela instituição. No início de maio, o fórum trouxe profissionais experientes do mercado, entre eles diversos ex-alunos e pais de alunos do Colégio, para tratar sobre as especificidades de cada profissão.  

Para que os palestrantes fossem selecionados de forma mais assertiva, o Colégio fez um levantamento com bastante antecedência para entender as demandas dos alunos. Ao todo, 18 profissões foram discutidas no fórum, que ocupou diversas salas da escola, além do anfiteatro.  

Neste ano, as palestras mais concorridas foram as de Direito, Administração, Relações Internacionais, Arquitetura, Medicina, Psicologia, Publicidade e Marketing e Economia. Mas, segundo a orientadora educacional da turma, Deborah Cardoso, houve novidades. “Me surpreendeu a procura por Artes Cênicas e Música, também”.  

Em média, cada aluno participou de quatro ou cinco palestras. “Como muitas palestras acontecem simultaneamente, o estudante já é obrigado a fazer escolhas. Eu recomendo, mesmo para aqueles que já decidiram o que cursar, que assistam à fala sobre outras profissões”, defende Deborah. 

Alunos do Colégio Notre Dame participam de concurso de releitura artística

Estudantes do 8º ano criaram releituras da obra “Criança Morta”, de Cândido Portinari 

Reprodução: Colégio Notre Dame

Durante as aulas de Artes Visuais, alunos do 8º ano do Colégio Notre Dame Campinas, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, produziram releituras do quadro “Criança Morta”, do artista modernista brasileiro Cândido Portinari,trazendo o trabalho do pintor para um contexto atual.  

Os estudantes estudaram os aspectos formais, temáticos e estilísticos da obra, assim como a valorização do artista, com uma abordagem social em suas produções, e foram desafiados a criar um novo contexto para o quadro, com a problematização: em que situação uma família poderia estar hoje em dia “carregando sua criança morta nos braços”? 

Para o trabalho, a “criança morta” poderia ser retratada de forma literal ou figurativa nas criações. Os temas levantados espontaneamente pelos alunos foram diversos, e abordaram desde o impacto social mais coletivo, como problemas ambientais, crise na saúde e na educação pública, conflitos mundiais, violência e infraestrutura, até situações individuais, como o abuso de medicamentos, pressão das mídias sociais, depressão e outros.  

Feitas as releituras, as crianças foram convidadas a participar de um concurso com as obras produzidas, que deveriam trazer o trabalho do pintor para um contexto atual. Alinhado com a Base Nacional Comum Curricular, esse concurso permitiu que os alunos exercitassem as dimensões do conhecimento artístico, como a reflexão e a estesia, que é a articulação que pretende unir a sensibilidade e a percepção da Arte como uma forma de conhecer a si mesmo, ao outro e ao mundo.  

Alunos do Colégio Santa Cruz participam de Estudo do Meio

Foto: Reprodução Colégio Santa Cruz

Estudantes do 7º ano visitam região do Vale Ribeira para desenvolvimento do projeto “Lagamar: os desafios da conservação ambiental” 

Alunos do 7º ano do Colégio Santa Cruz, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, participaram, entre os dias 09 e 16 de maio, de estudo do meio, atividade pedagógica realizada na região do Vale Ribeira. Depois de dois anos sem poder realizar a viagem devido à pandemia, os estudantes desenvolveram conhecimento interdisciplinar sobre aspectos relativos à vida, cultura e meio ambiente, visitando os municípios de Cananéia, Iguape e Ilha do Cardoso. A visitação faz parte do projeto “Lagamar: os desafios da conservação ambiental”. 

A região abriga, no sul do Estado de São Paulo e leste do Paraná, a maior área contínua de Mata Atlântica ainda existente, que se estende de Iguape, em São Paulo, a Paranaguá, no Paraná. A região é conhecida como Lagamar, e é um dos lugares mais preservados do Brasil. 

O projeto do Colégio Santa Cruz busca aliar conhecimentos e posturas em favor do desenvolvimento regional e preservação ambiental. Para isso, os alunos realizaram, entre outras atividades, uma visita a um manguezal, percorreram trilhas nas matas de encosta e restinga e ainda curtiram as histórias contadas por “Seu Chico”.  

Colégio Santa Cruz organiza exposição de fotos para retratar sua trajetória

Instituição conta sua história por meio de dupla de fotos nos muros da escola  

Reprodução: Colégio Santa Cruz

O Colégio Santa Cruz, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, organizou uma exposição de fotos ao ar livre para contar sua trajetória ao longo dos seus 70 anos de história. A exposição “Permanências e Transformações” foi instalada nos muros do colégio para compartilhar essas lembranças com a comunidade. 

Com 50 duplas de fotos que ilustram o passado e o presente, a iniciativa busca retratar a trajetória do Colégio Santa Cruz, repleta de memórias significativas para alunos, ex-alunos, famílias e colaboradores da escola. 

Colégio Notre Dame arrecada alimentos em prol do CECOIA

Campanha da Quaresma recebe mais de 1.500 unidades de comida para doação 

Foto: Reprodução CECOIA

A Campanha da Quaresma, tradicional ação de arrecadação realizada no Colégio Notre Dame, mantido pela Congregação de Santa Cruz, conseguiu 1.512 unidades de alimentos para doação do Centro Comunitário Irmão André (CECOIA). Os mantimentos serão utilizados nas refeições servidas diariamente aos atendidos pela instituição.  

O CECOIA atende crianças e adolescentes de seis meses a 14 anos e 11 meses em contraturno escolar. O principal objetivo da obra social é contribuir para a prevenção e proteção à situação de vulnerabilidade social dos seus atendidos. Para isso, o CECOIA cria estratégias para atuação participativa e fortalecimento da convivência familiar e social para, assim, validar a autonomia e o sentimento de pertença.  

Dentre os alimentados arrecadados pela Campanha da Quaresma estão itens básicos, como arroz, feijão, sal e açúcar, além de leite, fórmula infantil e pacotes de bolacha. Confira a lista completa de produtos arrecadados clicando aqui.  

CECOIA retoma atendimento 100% presencial

Centro social voltou a receber os atendidos em abril

Foto: Reprodução CECOIA

Desde abril, o Centro Comunitário Irmão André (CECOIA), obra social que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, retomou o atendimento presencial das crianças e adolescentes inscritos. Esse retorno aconteceu somente naquele momento devido às necessidades de adequação para a manutenção do distanciamento obrigatório de um metro.

Para a retomada das atividades, o CECOIA manteve o uso obrigatório de máscaras nas dependências do Centro, e pede, ainda, que os atendidos levem mais máscaras para que seja possível trocar o equipamento de proteção a cada duas horas. A instituição social busca, ainda, realizar o maior número de atividades possíveis em espaço aberto, para evitar longa permanência em salas fechadas e para manter o distanciamento seguro sempre que possível.

Dia das Mães: a mais pura escolha de vida

Neste domingo, famílias se reúnem para celebrar a data em homenagem às mães 

Foto: Banco de Imagem

Tornar-se mãe é a escolha mais corajosa e pura feita por um ser humano. Carregar sobre si a responsabilidade de gerar e criar uma nova vida é a comprovação da missão do amor de Deus na terra. Mais do que conceber um novo habitante do mundo, as mães dedicam-se arduamente à construção de uma pessoa, moldando seu caráter e trilhando conjuntamente o caminho para uma vida feliz.  

Para ser mãe, é preciso ser forte. É preciso amar incondicionalmente uma vida que não lhe pertence, mas que lhe é oferecida por Deus para cuidar, criar, formar. É preciso ter calma, tolerância e paciência para respeitar e abraçar escolhas que, de alguma forma, não seriam as suas, e é preciso ter cuidado para assegurar aos filhos o que é necessário para que sigam em frente.  

Os filhos veem em suas mães um símbolo de afeto. Afinal, é o olhar da mãe que acalma os corações aflitos, e sua voz que alenta o primeiro choro do bebê ao nascer. O simples abraço de uma mãe é capaz de transmitir a segurança necessária para enfrentar todo e qualquer desafio.  

São as mães que carregam em seu coração os ensinamentos mais verdadeiros de Cristo. Sem medidas, julgamentos ou hesitação, por meio de seus direcionamentos, cada novo ser é apresentado à justiça, à verdade, à compaixão, à ética e à solidariedade. Dessa forma, o amor de Deus se manifesta pela primeira vez em cada coração: com o amor das mães!  

Em sua homilia, na missa na Solenidade de Maria Santíssima, o Papa Francisco ressalta as habilidades maternas e sua perseverança. “Quanto amor há nos seus olhos, banhados de lágrimas que, ao mesmo tempo, sabem inspirar motivos de esperança”, afirmou o Santo Padre. “O olhar materno é o caminho para renascer e crescer. “As mães, as mulheres, olham o mundo não para explorar, mas para que tenha vida”.  

Neste Dia das Mães, desejamos que todos os dias sejam destinados à sua celebração! Que sua família, pacientemente cuidada por você durante todos os dias de sua vida, permaneça unida e honrando seus ensinamentos e lhe cobrindo com o amor que você também lhes dedica.  

Feliz Dia das Mães!  

Congregação de Santa Cruz entrega presentes em homenagem ao Dia das Mães

Foto: Reprodução Congregação de Santa Cruz

Funcionárias da mantenedora recebem kit para cuidados corporais 

A Congregação de Santa Cruz presenteou suas funcionárias nesta sexta-feira (06) pelo Dia das Mães. As mamães da mantenedora receberam um kit especial com produtos para cuidados corporais de uma renomada marca de cosméticos, além de um cartão preparado exclusivamente para elas.  

No cartão, uma frase de Barbosa Filho dava tom às comemorações: “Ser mãe é assumir de Deus o dom da criação, da doação e do amor incondicional. Ser mãe é encarnar a divindade na terra”. O presente é um convite ao autocuidado para mulheres que dedicam suas vidas a cuidar de seus filhos e a proteger suas famílias!  

A Congregação de Santa Cruz deseja a todas as mães um excelente e amoroso Dia das Mães, coberto pelas bençãos de Maria e repleto de carinho dos filhos e familiares!  

Colégio Santa Cruz abre inscrições para cursos noturnos

Colégio oferece cursos profissionalizantes e Educação de Jovens e Adultos (EJA) 

Foto: Reprodução Colégio Santa Cruz

O Colégio Santa Cruz, de São Paulo, instituição de ensino mantida pela Congregação de Santa Cruz, abriu inscrições para novas turmas de seus cursos noturnos. O Colégio oferece turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e de Educação Profissional, com cursos técnicos em administração e logística. As inscrições devem ser feitas até dia 31 de maio, no próprio campus, de segunda a sexta-feira, das 14h às 20h.  

Os cursos noturnos são totalmente gratuitos e fornecem subsídios ao transporte e à alimentação dos alunos inscritos. O oferecimento das turmas caracteriza o trabalho do Colégio em direção a formação integral do indivíduo, missão educacional da Congregação de Santa Cruz. Através da educação, a Congregação busca propiciar educação formal e pessoal de qualidade a todos.  

A Educação de Jovens e Adultos (EJA) oferecida pela escola trabalha desde a alfabetização inicial ao Ensino Médio. As aulas têm como principal objetivo favorecer o acesso à educação a quem, por qualquer motivo, não pôde frequentar a escola na idade regular. Já os cursos da Educação Profissional, com ensino técnico em administração e logística, são uma forma de capacitação para o mercado de trabalho oferecida àqueles que já concluíram o Ensino Médio ou estejam cursando a terceira série da modalidade.  

Existentes há mais de 40 anos, os cursos noturnos são parte consolidada da grade curricular do Colégio Santa Cruz, e já fazem parte do imaginário da população paulista. Isso se comprova pelo acolhimento midiático oferecido aos cursos pela imprensa local.  

O jornal Folha de São Paulo publicou, em 2019, uma bela matéria contando a história de alunos da EJA e dos cursos profissionalizantes do Colégio. O texto de Ângela Pinho descreve os desafios do oferecimento dos cursos ao Colégio durante o encolhimento do setor educacional para jovens e adultos, ao mesmo tempo em que relata as dificuldades dos alunos em atender as aulas e seguir seu cronograma. Em um excelente artigo jornalístico, Ângela faz honra à missão das aulas e informa, ao mesmo tempo, sobre a importância de sua realização.  

Confira a matéria completa pelo link: https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2019/09/aos-45-anos-educacao-de-adultos-em-colegio-de-sp-resiste-a-encolhimento-do-setor.shtml.