Educadora lança livro dedicado ao estudo do papel da cultura na organização do pensamento

Silvia Martins, coordenadora pedagógica do Colégio Notre Dame, publica Educação, Gênero e Violência

Silvia Martins, coordenadora pedagógica da Educação Infantil do Colégio Notre Dame, mantido pela Congregação de Santa Cruz, lançou, pela Editora Dialética, o livro Educação, Gênero e Violência- Práticas culturais a serviço da desigualdade.

O livro baseia-se no conhecimento construído e sistematizado por Silvia em sua tese de doutorado em Educação pela UNICAMP. Seus estudos focalizaram, inicialmente, questionamentos a propósito do grau de influência da hereditariedade e do ambiente sobre a conduta humana.  Em sequência, a autora coloca em foco o conceito de cultura, investigando como os indivíduos se apropriam de conteúdos culturais. Entre esses conteúdos, a estudiosa destaca o conceito de gênero, assumindo a assimetria presente nas relações de gênero para melhor abordar a questão da violência.

A Congregação de Santa Cruz orgulha-se do cuidadoso percurso de estudos que deu origem à obra, considerando que o aprimoramento profissional permanente é fundamental para a manutenção da excelência de nossos serviços educacionais. Cumprimenta Silvia Martins, desejando-lhe sucesso em mais essa vertente de sua atuação profissional.

Alunos do Colégio Dom Amando realizam Projeto Literartes

Alunos da 1ª série do Ensino Médio realizaram manifestações culturais de ressignificação de peças do Romantismo brasileiro

Os alunos da 1ª série do Ensino Médio do Colégio Dom Amando, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, deram nova vida à era do Romantismo literário brasileiro. Os estudantes realizaram o Projeto Literartes, trabalho voltado aos assuntos estudados em sala de aula e que tem como objetivo apresentar performances de poesias do Romantismo da 1ª, 2ª e 3ª geração do Brasil.  

Por meio de declamações de poesias, adaptações de narrativas, danças e músicas, a atividade busca valorizar a arte e a cultura em suas diversas manifestações. O trabalho foi coordenado pela professora Ivânia Pessoa, e possibilitou que os alunos se atentassem não apenas ao conteúdo das poesias e textos, mas também à forma, aos aspectos sonoros da linguagem, com ritmo e rimas, além das questões culturais e afetivas.  

Cursos Noturnos do Colégio Santa Cruz organizam festa literária

Evento teve apresentações culturais, sarau e a tradicional feira do livro dos Cursos Noturnos

Reprodução: Colégio Santa Cruz

Os alunos dos Cursos Noturnos do Colégio Santa Cruz, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, organizaram, em junho, pela primeira vez, a Festa Literária. O evento contou com apresentações musicais, sarau e a tradicional Feira do Livro, que acontece semestralmente no Colégio para os Cursos Noturnos. Além disso, professores promoveram apresentações de trabalhos e os estudantes participaram do lançamento de livros dos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), vivências sinestésicas com as palavras e apresentação de poemas.  

Os alunos do curso técnico de Marketing, oferecido pelo Colégio, colaboraram com as peças de divulgação da festa, a partir da elaboração de cartazes e outros materiais. Em cada sala, realizaram performances para convidar seus colegas para o evento.  

A Festa Literária foi criada a partir da Feira do Livro, que busca facilitar o acesso dos alunos dos Cursos Noturnos aos livros e, ainda, gerar renda para os subsídios ao transporte que são oferecidos pelo Colégio Santa Cruz. Os títulos, recebidos por meio de doações, são comercializados a preços baixos – em 2022, o valor unitário foi de R$ 3. Este ano, aproximadamente 650 livros foram vendidos. As unidades restantes foram disponibilizadas para a compra de funcionários no dia seguinte.  

Logo após a realização da Feira do Livro, os alunos foram convidados a participar e prestigiar o sarau e as apresentações musicais. Além disso, houve a exposição de painéis de pintura dos alunos da professora Luciana Coin, cartazes do trabalho “Cidades Imaginárias”, proposto pelo professore André Peres e poemas dos alunos da professora Ciça Orlandi.  

Alunos do Colégio Dom Amando são destaque em Olimpíada Internacional de Matemática

60 estudantes participantes da competição receberam medalhas de ouro, prata e bronze, além de menções honrosas

Reprodução: Redes Sociais Colégio Dom Amando

Alunos do Colégio Dom Amando, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, foram destaque em mais uma Olimpíada Internacional Canguru de Matemática, competição que conta com a participação de milhares de estudantes em todo o mundo. 

 Na edição de 2022, 60 estudantes foram premiados com medalhas de ouro, prata e bronze e menções honrosas. A preparação para a Olimpíada começou ainda em 2021, com a abertura das inscrições em dezembro. As provas aconteceram em março de 2022 e os resultados gerais foram divulgados na última segunda-feira (06). O foco da competição é ampliar, despertar e incentivar o gosto pela matemática e outras áreas afins de conhecimento.  

O Colégio Dom Amando incentiva seus estudantes a participarem de atividades que desenvolvam a busca pelo aprimoramento acadêmico, em consonância com os objetivos das escolas de Santa Cruz no Brasil. Assim, a Congregação de Santa Cruz parabeniza a equipe diretiva do Colégio e todos os alunos que participaram da Olimpíada Internacional Canguru de Matemática. A Congregação felicita especialmente os medalhistas da competição e toda a equipe docente do Colégio Dom Amando pela excelência no trabalho desenvolvido, além da dedicação incondicional ao sucesso dos alunos.   

Colégio Santa Cruz realiza nova edição de Noites Literárias

Evento será presencial e vai estudar vida e obra de Lygia Fagundes Telles

Reprodução: Colégio Santa Cruz

O Colégio Santa Cruz, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, realiza no próximo dia 30 de maio, às 19h, uma nova edição do evento Noites Literárias. O evento terá como foco a obra de Lygia Fagundes Telles, autora do romance “As meninas” e outros contos. O encontro será presencial e acontecerá na Biblioteca Padre Charbonneau.  

A partir da obra literária de Lygia, os presentes abordarão temas que transcendem seus textos, como a posição da mulher na sociedade, o papel dos seres oprimidos, as relações familiares e a imaginação. Também serão abordados fatos relacionados à sua formação como escritora e a atenção e cuidado que tinha com seus leitores.  

Lygia Fagundes Telles acreditava que o escritor e suas obras eram fundamentais para as pessoas: “A criação literária? O escritor pode ser louco, mas não enlouquece o leitor, ao contrário, pode até desviá-lo da loucura. O escritor pode ser corrompido, mas não corrompe. Pode ser solitário e triste e ainda assim vai alimentar o sonho daquele que está na solidão”.  

O evento será aberto para aqueles que não pertencem ao corpo docente ou estudantil do Colégio Santa Cruz. As inscrições podem ser feitas pelo link: https://dotnet2.santacruz.g12.br/agenda/home/agendalista/56.  

Dia Mundial da Educação: o caminho para um mundo melhor

No Dia Mundial da Educação, a Congregação de Santa Cruz celebra um dos pilares estruturais de sua missão

Hoje, dia 28 de abril, comemora-se o Dia Mundial da Educação. Responsável por construir valor sociais, éticos e morais, essenciais ao desenvolvimento e formação integral de cada ser humano, a educação é a batuta que rege o mundo em que vivemos. Transmitir educação vai além das salas de aula e das atividades acadêmicas; educar significa moldar um individuo para que ele possa, seguindo seus princípios e habilidades, contribuir para a sociedade na qual está inserido.  

O Dia Mundial da Educação foi instituído em 2000, no Fórum Mundial da Educação. O evento tinha como principal objetivo firmar com os 164 líderes mundiais presentes o compromisso de levar a educação básica e secundária a todas as crianças e jovens do mundo até 2030. Os participantes assinaram o documento “Marco de ação de Dakar, educação para todos: cumprindo nossos objetivos coletivos”.  

A declaração apresenta ainda seis metas firmadas que deveriam ser seguidas pelos países concordantes. Estes objetivos buscavam facilitar e assegurar o acesso à educação de qualidade e eliminar desigualdades sociais e de gênero. Hoje, consideramos o dia 28 de abril como Dia Mundial da Educação em comemoração à realização deste evento, embora a data não seja oficialmente reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU).  

Para a Congregação de Santa Cruz, a data assume nova importância, pois celebra e incentiva um de principais pilares da edificação de sua Missão, proposta pelo Pe. Basílio Moreau, seu fundador, em 1857. Moreau fundou a Congregação com a missão de formar e fazer verdadeira a presença de Cristo no mundo por meio de obras apostólicas de educação e pregação. Ele, que hoje ocupa a posição de beato da igreja católica, acreditava que a educação estimula também a consciência cristã e a busca por novos conhecimentos, que auxiliam na construção de um mundo mais unido e de fé.  

A Congregação de Santa Cruz é orgulhosa mantenedora de três estimados colégios cristãos no Brasil: Colégio Dom Amando, em Santarém (PA); Colégio Notre Dame, em Campinas (SP); e Colégio Santa Cruz, em São Paulo (SP). Estas instituições de ensino trabalham na formação integral de seus estudantes, para que possam se desenvolver acadêmica e pessoalmente, através da promoção de inovação e caridade nas comunidades nas quais estão inseridas.  

Dentro das salas de aula, os Colégios buscam elevar o nível educacional, oferecendo ensino de alta qualidade e incentivando o pensamento crítico de seus alunos em relação às mais diversas questões do mundo. Fora delas, as escolas incentivam ações sociais que visam famílias em situação de vulnerabilidade social em suas comunidades, como a oferta de bolsas de estudo e projetos de auxílio à essas pessoas.  

Além dos Colégios, a Congregação de Santa Cruz mantém unidades sociais que promovem a educação em sentido mais amplo, transformando os cidadãos em sua totalidade para a geração do bem-comum.  

Famílias passam manhã de sábado no Colégio Santa Cruz

Encontro aconteceu com familiares do G6- Educação Infantil- no sábado, 09 de abril, para desfrutar de experiências vividas pelos alunos e alunas

A equipe do G6, Educação Infantil do Colégio Santa Cruz, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, organizou uma manhã de atividades na escola junto com as famílias dos alunos e alunas. O encontro aconteceu no dia 09 de abril. O intuito foi oferecer uma oportunidade de união e convivência entre as famílias, crianças e professores, trazendo as famílias para conhecer algumas das experiências vividas pelas crianças no cotidiano escolar.  

Entre as propostas desenvolvidas no encontro estavam ateliê ao ar livre, desenho de observação de folhas, um percurso motor e uma visita guiada pelos alunos à Biblioteca e ao seu acervo. Nessa última parte, os estudantes puderam desfrutar momentos de leitura com seus familiares. Uma grande ciranda encerrou a manhã de atividades.  

“Crianças e familiares demonstraram alegria em estar juntos novamente, num clima de confraternização, compartilhando experiências havidas na escola, que é, para todos nós, um espaço de encontro que oferece a experiência de aprender em comunidade”, contou Regina Andrade Clara, coordenadora pedagógica da turma.  

Colégio Santa Cruz lança novo site

Plataforma foi colocada no ar como parte das comemorações dos 70 anos do Colégio, comemorados em 2022 

O Colégio Santa Cruz, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, comemora 70 anos de existência em 2022. Por isso, a instituição preparou uma série de ações para celebrar essa marca tão importante. Uma delas foi a reformulação total do site, que agora abriga novas páginas e se apresenta com um layout inovador e interativo.  

Na página inicial, os visitantes poderão conhecer o projeto pedagógico, saber mais sobre os Aspectos Transversais do Currículo (Ação Social, Atividades Complementares, Cultura Digital, Práticas Esportivas, Estudos de Meio e Línguas Adicionais), além de ter acesso às últimas notícias do Colégio.  

A home carrega, ainda, informações sobre eventos e canais de comunicação do Colégio, como Newsletter, Youtube e Instagram.  

Essa reformulação busca facilitar a navegação pelo site do Colégio Santa Cruz e está direcionada a pais, estudantes, educadores e aqueles que desejam saber mais sobre a instituição septuagenária.  

O novo site agora inclui, também, as novas páginas da de variados espaços- físicos ou não- biblioteca, campus centro de formação.  

Visite o novo site do Colégio Santa Cruz: https://santacruz.g12.br/.  

Projeto Meninas em Campo recebe ONG Absorvendo Amor

Encontro propôs uma conversa entre integrantes da organização e atletas sobre dignidade íntima feminina

Reprodução: Colégio Santa Cruz

No sábado, 19 de março, atletas do Meninas em Campo, projeto integrante do Programa de Cidadania e Inclusão pelo Esporte do Colégio Santa Cruz, que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, receberam integrantes da ONG Absorvendo Amor.

 A organização realiza projetos de redução da pobreza menstrual- um problema de saúde pública, cuja superação é também um direito humano.  Por meio de seus projetos, a ONG promove conscientização sobre o tema, além de intermediar a doação de produtos específicos para higiene íntima feminina.  

Por meio da distribuição de produtos e conversas sobre saúde feminina com uma ginecologista parceira, o projeto busca atingir estudantes de escolas públicas, moradores de rua e pessoas em situação de vulnerabilidade em geral. Além disso, a ONG promove conscientização nas redes sociais sobre pobreza menstrual e discute o tabu que envolve a menstruação, por meio de posts expositivos e educativos.

O evento contou com uma roda de conversa, em que as atletas foram apresentadas a opções ecológicas para os cuidados femininos e, em seguida, foram conduzidas a uma troca de informações com a ginecologista Luciene Barduco. “Boa parte das dúvidas foi relacionada à menstruação, cólica e TPM, voltadas para a realidade delas, mulheres que sangram, mas continuam atletas”, explica Luciene, que, além de ginecologista, é sexóloga e mastologista. “Falei para elas: informação é poder. Quando capacitamos com informação de qualidade, contribuímos muito para o desenvolvimento e crescimento em segurança e os riscos de doença e gravidez na adolescência diminuem muito”, completou.

Ao fim da atividade conjunta entre Meninas em Campo e ONG Absorvendo Amor, houve a distribuição de absorventes descartáveis para as atletas. “Fiquei impressionada com a escuta e atenção delas. Foi muito gratificante”, finalizou Luciene Barduco.

Destaque-se que alunos do ensino médio do Colégio Santa Cruz participaram da organização do encontro, avaliado como muito relevante por todos os envolvidos.

Colégio Santa Cruz passa a oferecer jantar em cursos noturnos

Colégio troca lanches por refeição completa para garantir refeição balanceada aos estudantes dos cursos noturnos

Preocupado com a nutrição dos alunos dos cursos noturnos, o Colégio Santa Cruz, instituição de ensino que tem como mantenedora a Congregação de Santa Cruz, passou a ofertar refeição aos estudantes. Antes, o Colégio oferecia um lanche, como parte do pacote de benefícios disponibilizado aos matriculados no período noturno.

Devido à sua situação socioeconômica, grande parte dos estudantes dos cursos noturnos se encaixa no perfil das causas básicas de insegurança alimentar, principalmente no que diz respeito ao preço dos alimentos e desemprego.  Outros vêm à escola depois de um longo dia de trabalho. Assim, a equipe a equipe responsável pelos cursos entendeu ser improvável que o aluno consuma uma refeição balanceada ao chegar em casa, já em horário tardio e, por isso, buscou alternativas para ajudar os alunos a manter uma vida mais saudável.

Assim, o Colégio Santa Cruz instituiu um programa que entrega um jantar completo, em embalagem biodegradável, para cada aluno. O programa favorece o desenvolvimento de uma rotina de alimentação mais saudável, contribuindo, ainda, para a (igualmente) saudável socialização entre colegas no ambiente escolar.