O Domingo: 26º Domingo Do Tempo Comum

Leitura do Livro dos Números (Nm 11,25-29)

Naqueles dias, o Senhor desceu na nuvem e falou a Moisés. Retirou um pouco do espírito que Moisés possuía e deu aos setenta anciãos. Assim que repousou sobre eles o espírito, puseram-se a profetizar, mas não continuaram.

Dois homens, porém, tinham ficado no acampamento. Um chamava-se Eldad e o outro Medad. O espírito repousou igualmente sobre os dois, que estavam na lista mas não tinham ido à Tenda, e eles profetizavam no acampamento.

Um jovem correu a avisar Moisés que Eldad e Medad estavam profetizando no acampamento.

Josué, filho de Num, ajudante de Moisés desde a juventude, disse: “Moisés, meu Senhor, manda que eles se calem!” 29Moisés respondeu: “Tens ciúmes de mim? Quem dera que todo o povo do Senhor fosse profeta e que o Senhor lhe concedesse o seu espírito!”

Salmo – Sl 18,8.10.12-13.14 (R.8a 9b)

R.A lei do Senhor Deus é perfeita, alegria ao coração

8A lei do Senhor Deus é perfeita,*
conforto para a alma!
O testemunho do Senhor é fiel,*
sabedoria dos humildes.R.

10É puro o temor do Senhor,*
imutável para sempre.
Os julgamentos do Senhor são corretos*
e justos igualmente.R.

12E vosso servo, instruído por elas,*
se empenha em guardá-las.
13Mas quem pode perceber suas faltas?*
Perdoai as que não vejo!R.

14E preservai o vosso servo do orgulho:*
não domine sobre mim!
E assim puro, eu serei preservado*
dos delitos mais perversos.R.

Leitura da Carta de São Tiago (Tg 5,1-6)

E agora, ricos, chorai e gemei, por causa das desgraças que estão para cair sobre vós.

Vossa riqueza está apodrecendo, e vossas roupas estão carcomidas pelas traças. Vosso ouro e vossa prata estão enferrujados, e a ferrugem deles vai servir de testemunho contra vós e devorar vossas carnes, como fogo! Amontoastes tesouros nos últimos dias.

Vede: o salário dos trabalhadores que ceifaram os vossos campos, que vós deixastes de pagar, está gritando, e o clamor dos trabalhadores chegou aos ouvidos do Senhor todo-poderoso. Vós vivestes luxuosamente na terra, entregues à boa vida, cevando os vossos corações para o dia da matança. Condenastes o justo e o assassinastes; ele não resiste a vós.

Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos (Mc 9,38-43.45.47-48)

Naquele tempo, João disse a Jesus: “Mestre, vimos um homem expulsar demônios em teu nome. Mas nós o proibimos, porque ele não nos segue”

Jesus disse: “Não o proibais, pois ninguém faz milagres em meu nome para depois falar mal de mim. Quem não é contra nós é a nosso favor.

Em verdade eu vos digo: quem vos der a beber um copo de água, porque sois de Cristo, não ficará sem receber a sua recompensa.

E, se alguém escandalizar um destes pequeninos que creem, melhor seria que fosse jogado no mar com uma pedra de moinho amarrada ao pescoço.

Se tua mão te leva a pecar, corta-a! É melhor entrar na Vida sem uma das mãos, do que, tendo as duas, ir para o inferno, para o fogo que nunca se apaga.

Se teu pé te leva a pecar, corta-o! É melhor entrar na Vida sem um dos pés, do que, tendo os dois, ser jogado no inferno.

Se teu olho te leva a pecar, arranca-o! É melhor entrar no Reino de Deus com um olho só, do que, tendo os dois, ser jogado no inferno, ‘onde o verme deles não morre, e o fogo não se apaga’”.

Reflexão

Eldad e Medad ensinavam e pregavam, mas não tinham credenciais para fazer isso, pois esse era o papel dos 70 anciãos, preparados para a função de profetas. Os dois foram então denunciados a Moisés por um jovem e Josué, ajudante de Moisés desde a juventude, encarregou-se de pedir que ele os mandasse calar. Moisés, porém, interveio a favor dos dois: ” Se estão falando a verdade, deixem-lhes ensinar”. Ninguém deve monopolizar a VERDADE, pois ela pertence à inteligência. Todo ser inteligente tem o direito à verdade. É a mesma coisa para quem faz o bem. Pouco importa o grupo ao qual ele pertence. A verdade é patrimônio da humanidade.

Hoje, neste Evangelho Jesus usou palavras fortes: “Se tua mão te leva a pecar, corta-a. Se teu pé leva você à pecar, corta. Se teu olho leva também você, corta”. Tomando essas palavras ao pé da letra, Jesus então afirma que é melhor entrar no céu todo amputado do que pecar e acabar no inferno! O sentido dessas figuras enfaticamente fortes é que devemos extirpar tudo o que se opõe à mensagem de Jesus. O que se deve arrancar é o mau exemplo que a gente dá pecando, porque o mau exemplo pode levar os outros a fazer o mal também. É que cada pessoa deve responder por seus atos seja qual for o grupo ao qual ela pertence! A mentira é sempre um mal, assim como a verdade é sempre um bem. Deus é a Verdade e o Demônio é o pai da mentira. Vivendo num mundo cada vez mais pluralista onde há filosofias diferentes e religiões diferentes é assim. Quando tratamos de crenças, é difícil dizer quem está certo e quem está errado. Para Jesus, pouco importa se quem faz uma boa ação seja de um partido ou de outro, esquerda ou da direita, a sua ação deve ser julgada objetivamente.

Preocupado, o apóstolo João aproximou-se de Jesus dizendo: “Mestre, vimos um homem expulsar demônios em teu nome. Mas nós o proibimos porque não nos segue”, ao que Jesus retrucou: “Não o proibais, pois ninguém faz milagres em meu nome para depois falar mal de mim. Quem não é contra nós é a nosso favor”.

Meus irmãos, nós, católicos, acreditamos que Jesus queria uma só Igreja, isto é, um só rebanho e um só Pastor, assim como ele disse: “Eu sou o Bom Pastor. Tenho outras ovelhas que não estão neste curral. Eu preciso trazer essas também, e elas ouvirão a minha voz. Então elas se tornarão um só rebanho com um só pastor”. (Jo 10,16)

Infelizmente a realidade de hoje é bem diferente. No Brasil mesmo, existe um leque de religiões diferentes. Diante deste PLURALISMO qual deve ser nossa atitude? Lutar e falar contra? Não é a solução. Quem age em nome de Jesus e não fala contra nós, age em nosso favor! Sabemos que Deus oferece a salvação a todos. Aquele que vive e ensina os valores do Reino de Deus – amor, liberdade, justiça e paz, verdade, autenticidade, alegria, esperança, fraternidade e solidariedade – ele está salvo, pouco importa o grupo ao qual pertence.

Diante de Pilatos Jesus disse: “Todo aquele que está com a verdade, ouve a minha voz”, ao que Pilatos indagou: “O que é a verdade?”.

Houve um silêncio e Pilatos saiu. Meus irmãos. Jesus é a Verdade e só condena atitudes falsas como a infidelidade e a hipocrisia… Jesus costumava dizer: “Em verdade eu vos digo (…) eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”. Isso quer dizer que aquela pessoa que sempre busca a verdade, no fundo está buscando a Deus porque só Deus é a Verdade total. A Palavra de Deus é verdadeira e a Palavra de Deus se fez carne na vida de Jesus. Verdade e Vida!


 Pe. Lourenço, CSC

 
Comunicação

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *