Papa Francisco participa do 1º Dia Internacional da Fraternidade Humana

Comemoração acontecerá através de uma reunião virtual, com a presença do Santo Padre, do Grande Imã de Al-Azhar, Ahmad Al-Tayyeb.


O Papa e Ahmad Al-Tayyeb assinam o Documento sobre a Fraternidade Humana em fevereiro de 2019. Reprodução: Vatican News

O Papa Francisco participa hoje de um evento virtual em comemoração ao 1º Dia Internacional da Fraternidade Humana, data estipulada pela ONU em dezembro de 2020. A celebração foi organizada pelo Xeque Mohammed bin Zayed, em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, e terá participação do Papa, além do Grão Imame de Al-Azhar, Ahmad Al-Tayyeb, do Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres, e outras personalidades. Na mesma reunião, acontecerá a premiação do Prêmio Zayed para a Fraternidade Humana, inspirado no Documento Sobre a Fraternidade Humana.

Há 2 anos, em 4 de fevereiro de 2019, em uma visita apostólica do Papa aos Emirados Árabes Unidos, foi assinado, junto ao Grão Imame de Al-Azhar (Cairo), Ahmad Al-Tayyeb, o Documento sobre a fraternidade humana para a paz mundial e a convivência comum. Sua Santidade e o Grão trabalharam no texto do Documento por quase meio ano, até que ele fosse anunciado durante a viagem apostólica.

Pouco depois, foi criado o Comitê Supremo para a Fraternidade Humana, composto por líderes religiosos internacionais, intelectuais e líderes culturais inspirados pelo texto. O grupo tem como principal objetivo traduzir as aspirações do Documento em compromissos duradouros e ações concretas para fomentar a fraternidade, solidariedade, respeito e compreensão mútua. Parte dessas ações inclui a criação de uma Casa da Família Abraâmica, que contempla uma sinagoga, uma grega e uma mesquita na ilha de Saadiyat, em Abu Dhabi, que está em planejamento.

Para receber as nomeações do Prêmio Zayed para a Fraternidade Humana e selecionar os futuros vencedores, constituiu-se também um júri independente. As nomeações devem contemplar trabalhos que demonstrem um compromisso ao longo da vida em prol da Fraternidade Humana. A premiação acontece também no dia 04 de fevereiro.

A celebração acontece em resposta direta aos apelos feitos pelo Papa Francisco ao longo de 2020 para que toda a humanidade construa um presente de paz no encontro do outro. O convite para a construção de um mundo mais fraterno tornou-se ainda mais clara com a publicação da Encíclica Fratelli tutti, em outubro de 2020. “Estas reuniões são um modo de alcançar a verdadeira amizade social, como o Santo Padre nos pede”, afirma o Cardeal Miguel Ángel Ayuso Guixot.

O Santo Padre encorajou a Santa Sé a participar da celebração, sob a liderança do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-Religioso. Na edição de janeiro do vídeo “A serviço da fraternidade humana”, Papa Francisco realça a importância de nos concentrarmos no que é importante para a fé de todas as crenças: adoração a Deus e amor ao próximo. “A Fraternidade leva-nos a abrirmo-nos ao Pai de todos e a ver no outro um irmão, uma irmã, com quem partilhar a vida ou apoiar-se mutuamente para amar, para conhecer”, enfatiza Sua Santidade, o Papa.

Os fiéis poderão acompanhar a reunião e a cerimônia de premiação, que será difundidas em streaming em diversas línguas. As solenidades têm início às 10h30 (horário de Brasília), através do Vatican News, portal de informação multimídia da Santa Sé, e transmitidas pela Media do Vaticano.

Comunicação

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *