Papa Francisco convoca Ano de São José, patrono da CSC

Celebração marca os 150 anos do pai de Jesus como padroeiro da Igreja Católica


O Papa Francisco convocou o Ano de São José no começo desta última semana em sua Carta apostólica “Patris Corde – Com coração de Pai”, publicada em ocasião do aniversário de 150 anos da declaração do Esposo de Maria como padroeiro da Igreja Católica. A celebração do ano se estenderá até 08 de dezembro de 2021.

São José é patrono da Congregação Santa Cruz, e seus valores de humildade, servidão a Deus, testemunho de vida, amor e fé guiam o trabalho missionário da Congregação de promover a educação e formação integral da pessoa, por meio da produção e difusão do conhecimento e da cultura, à luz do Evangelho, e por ações sociais que ajudem a construir um mundo mais justo, fraterno e sustentável, em comunhão com a Igreja local, num contexto de pluralidade.

Conforme destaca o ir Ronaldo Almeida, presidente da Congregação de Santa Cruz, “A fé de José se torna produtiva, cheia de frutos. Amou e cuidou da Sagrada Família, ama e cuida da Igreja, dos doentes, dos agonizantes, dos pais, das famílias, enfim, de cada um de nós Família Santa Cruz, que cremos e o temos como patrono. Que a seu exemplo, a fé seja em nós sinal de proximidade a Deus, de nossa pronta obediência, e que assim frutifique em obras de amor e cuidado para com aqueles que mais precisam de nós”.

Na Patris corde, o Papa propõe algumas reflexões pessoais sobre a figura de São José. Francisco cita sua humildade, que dá a ele um “protagonismo sem paralelo na história da salvação”, segundo a Carta, além do exemplo de homem que José se torna ao abraçar Maria sem restrições e transformar sua missão de vida “na oblação sobre-humana de si mesmo ao serviço do Messias”, amando Jesus de maneira livre e sem amarras. Em seu trabalho, José é um honesto carpinteiro, alegre e feliz em colher os frutos de seu próprio esforço – Francisco vê essa virtude do Santo como um espelho do que se deseja para todos; que haja emprego e condições de vida para todos os seres.

A Carta apostólica é acompanhada também da publicação do Decreto da Penitenciária Apostólica, que concede até o fim do Ano de São José, aos fiéis que participarem, a possibilidade de receber indulgências especiais ligadas à figura do Santo.

Confira na íntegra a publicação da Patris Corde:

http://www.vatican.va/content/francesco/pt/apost_letters/documents/papa-francesco-lettera-ap_20201208_patris-corde.html

Comunicação

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *